Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘África’ Category

faz cinco anos que eu não preencho essas páginas… também faz cinco anos que o tempo se tornou mais linear dentro de mim… acreditem: eu era uma incontrolável montanha russa. porém, a linearidade alcançada não se traduz em uma linha uniforme de planejamento dos dias de amanhã, mas em um foco e ideologia mais claros, e em uma compreensão melhor dos contornos e das fronteiras que atravessam os interesses políticos apresentados nas arenas populares. Angola me inspirou a concluir minha graduação em Serviço Social, e hoje tenho convicção de que não haveria outra profissão para dar vasão aos meus anseios. ao longo dos anos, aproximei do público envolvido com a criminalidade, somando hoje cerca de quatro anos de experiência na área. ao optar por este caminho, eu me propus conhecer profundamente os indivíduos e suas amarras sociais, para quem sabe oportunizar reflexões sobre outras saídas possíveis. ilusão de iniciante foi imaginar que os esforços deveriam se concentrar nos indivíduos, já que a eles era ofertado o poder da escolha. bem, nem lá, nem cá. nem só o indivíduo, nem só a estrutura. a questão é que a estrutura não quer estes indivíduos com os quais hoje eu trabalho – adolescentes autores de ato infracional -, e por isso, sinto que pouco do que faço é de fato efetivo. além disso, a estrutura faz-se preponderante na medida em que a justiça mostra-se seletiva, e aplica as medidas socioeducativas para adolescentes com classe, cor e endereço pré-definidos. confesso, que o início da minha jornada foi mais motivador, todavia lidar com a realidade é sempre a melhor das alternativas. contudo, ver o real escancarado e quase ninguém discordando, quase ninguém reclamando, quase ninguém manifestando é remar contra a maré, apesar de que eu sempre soube que em minha profissão eu iria encontrar pensamentos divergentes. eu só não imaginava a carga emocional e física acarretada ao assumir tal função, ao que mesmo apesar dos pesares, chego a mesma conclusão do início: é preciso força para continuar remando.

Anúncios

Read Full Post »

há um ano…

em 05 de novembro de 2010 ela encerrava o primeiro entrelaçar dos poros. cumpria-se ali os primeiros passos de olhos que começavam a enxergar. vivera até então dias pintados em fotos, em imagens exibidas em telas de cinema e contados nas histórias de papel. insatisfeita ela levou os próprios olhos pra dar conta daquilo que lhe inventavam, porque tudo o que a ela se repassava, atravessava antes a falta de muros da imaginação. realidade mesmo só existia a de cada um. e foi assim que ela quis ver a própria realidade fundida debaixo das casas de Angola e do sertão brasileiro. não dava mais para separar vidas entre estas paredes de concreto. era estranho como desde então os seus pés seguiam a própria pele, e o caminho era sem rota, sem distância, perto demais de si mesma.

Read Full Post »

encontros virtuais

essa virtualidade me encanta quando me vejo esbarrando nas esquinas que nunca fui… hoje publicaram uma matéria no site da Global Voices sobre Alambamento, o casamento tradicional de Angola. para complementar o conteúdo a jornalista utilizou fotos e textos meus, gravados tanto neste blog quanto na minha memória… a propósito, o meu post sobre o Alambamento foi o que mais gerou repercussão.

Confiram a matéria: http://pt.globalvoicesonline.org/2010/08/29/angola-o-alambamento-e-os-rituais-do-casamento/

Read Full Post »

pouso breve

“seu blog é um jardim de frases que me trazem África. o aniversário é seu, mas quem ganha presente sou eu, lendo você,borboleta”.

Read Full Post »

“o que queria mesmo era ir mar adentro, como Assma, empurrado num barquinho sem destino. ou fazer como minha mãe me ensinou: ser a mais delicada sombra. é isso que desejo: me apagar, perder voz, desexistir. ainda bem que escrevi, passo a passo, esta minha viagem. assim escritas estas lembranças ficam presas no papel, bem longe de mim”.

Mia Couto, em Terra Sonâmbula

Read Full Post »

Invictus

ontem assisti o filme Invictus, que conta parte da história de Nelson Mandela, quando ele sai da prisão e se torna presidente da África do Sul. Mandela tenta acabar com a segregação racial a partir do time de rugby, que na época era visto como um time de brancos. senti falta de alguém como ele nos dias de hoje. alguém em que eu pudesse me espelhar e acreditar. eu indico o filme, e pra além do filme a história, as idéias, os pensamentos e a vontade deste grande homem.

Read Full Post »

o serviço social é a quarta área mais requisitada nos hospitais. a primeira é a enfermagem, depois a médica e em terceiro o auxiliar administrativo. o assistente social atua na área da saúde, dando diagnósticos, trabalha na área jurídica, com a função de garantir os direitos básicos aos cidadãos e na parte social, na tentativa de solucionar problemas. o profissional tem por objetivo a preservação, defesa e ampliação dos direitos humanos e a justiça social. a média de salário é de R$2.000,00, variando de R$800,00 até R$4.000,00. Valores acima disso são raros.

Read Full Post »

Older Posts »